FANDOM


Postelal
Aladdin é um filme clássico da Disney, e o 31º longa-metragem de animação do estúdio. Lançado em 1992, é inspirado na história de Aladim, personagem dos contos das Mil e uma noites.thumb|300px|right
  • Um música do filme chamada Humiliate the Boy foi deletada do filme. Ela mostrava Jafar usando o Gênio para humilhar Aladdin ao entrar em Agrabah como Príncipe Ali Ababwa. A música foi deletada e trocada pela Prince Ali [Reprise], por Jafar usar inúmeros desejos e Gênio só poderia usar três.

Inicialmente o visual de Aladdin seria parecido com o do ator Michael J. Fox, mas o então chefe da Disney, Jeffrey Katzenberg, achava que o personagem não convenceria como par romântico da Princesa Jasmine, tendo sido então feita a mudança para que Aladdin se parecesse fisicamente com Tom Cruise.[1] O visual da Princesa Jasmine foi inspirado na irmã do animador Mark Henn, Beth.[2] O Gênio imita, entre outros, Arnold Schwarzenegger, Ed Sullivan, Groucho Marx, Robert De Niro e Jack Nicholson. Algumas imitações foram retiradas da versão final de Aladdin, como as de George Bush, John Wayne e a Dra. Ruth Westheimer. Robin Williams assinou para fazer o Gênio impondo condições como não utilizar sua voz em merchandising de bonecos e outros, e nem ter espaço no cartaz, anúncios e trailer do filme maior que 25%, mas isso acabou acontecendo. Em conseqüência, recusou o filme seguinte e Dan Castellaneta dublou o Gênio em O Retorno de Jafar e na série de televisão. Mas Williams voltou após a troca de presidente na Disney, e assim Robin voltou a fazer a dublagem do Gênio em Aladdin e os Quarenta Ladrões. Na série de games Kingdom Hearts, Castellaneta voltaria a dublar o Gênio.[1] Foi o filme mais bem-sucedido de 1992, rendendo 517 milhões de dólares ao redor do mundo.[3] Jonathan Freeman mais tarde participaria de duas adaptações da Disney para a Broadway, Beauty and the Beast, como Cogsworth/Horloge, e The Little Mermaid, como Grimsby. Uma organização árabe norte-americana protestou contra um trecho da música Arabian Nights que dizia "vão cortar sua orelha pra mostrar pra você como é bárbaro nosso lar", e a Disney alterou o trecho a partir do VHS de 1993 para "é uma imensidão, o calor e a exaustão, como é bárbaro nosso lar".[4] Curiosamente, a dublagem brasileira de Aladdin também adicionou a alteração, mas apenas no lançamento do DVD de 2004. Os 20 anos de Aladdin estão chegando em 2012, mas Aladdin a Edição de 20º Aniversário chegará em 2012, porque não estava na lista da coleção das edições diamante da Disney, por isso, será lançado apenas em DVD Duplo e pela primeira vez em Blu-ray/DVD Combo (Alta Definição com 3 Discos: Blu-ray 2 Discos e o DVD do filme).


Aladdin

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.